Dicas para quem deseja comprar um apartamento na planta

Publicado em 19/08/2020 por Marciane - Urbana

Se você pretende comprar apartamento na planta, ou em obra mas tem receio quanto a isso, fique calmo.


O sonho de adquirir uma casa faz parte da história da maioria das pessoas.


Quando falamos sobre o desenvolvimento da carreira dos jovens, esse número ainda pode aumentar.


Sem mencionar os casais, sejam novos ou que estão juntos há muito tempo.


No entanto, ao escolher o apartamento ideal, permanece a questão de qual é o melhor método.


Portanto, para ajudá-lo, fornecemos dicas para quem deseja comprar um apartamento ainda na planta e não sabe muito bem por onde começar. Então, continue lendo!


Dicas para comprar apartamento na planta ou em obra

O apartamento em planta é o imóvel que é comprado antes de ficar pronto, ou seja, é apenas um projeto ou uma obra.


Para que a escolha dessa moradia seja feita, geralmente é marcado uma visitação ao imóvel decorado, com tamanho da casa sendo igual ao tamanho da casa que você quer comprar.


Então, esse tipo de compra, você paga pela ideia que ainda está no papel e realiza o pagamento só depois de ter fechado contrato, podendo então, receber o apartamento entre 2 a 5 anos depois, dependendo do tipo de contrato.


Comprar apartamento na planta ou em obra tem um certo tipo de vantagem

As principais vantagens que esse tipo de negociação apresenta, são:


1. Valorização de imóvel

A compra de um imóvel no papel tem grande chance de valorização futura.


Isso significa que ao tomar posse do seu imóvel depois de uns anos, ele, com certeza, valerá muito mais do que o valor na qual você comprou.


Além de beneficiar a família, também pode ser usado como negociação para adquirir propriedades maiores ou em outros locais.


2. Tempo de procura

Quem adquire um imóvel diretamente da planta não deve ter pressa, porque a propriedade geralmente leva de 2 a 5 anos para estar pronta.


Esse prazo pode ser benéfico para você ache precisamente o que você busca em um imóvel.


Isso inclui a consideração da localização, tamanho, número de quartos e até o preço mais alto de compra.


3. Personalizar

Quando você pensa em comprar apartamento na planta ou em obra, você tem a chance de poder trabalhar seu design o quanto quiser. Isso porque a propriedade é sua e diferente dos aluguéis, nos quais só pode-se alterar com a aprovação do proprietário.



4. Planejamento

Como se trata de uma aquisição que não é imediata, ou seja, que será entregue ao proprietário depois de um determinado tempo, é possível projetar todas as etapas da compra, da documentação ao financiamento e decoração a serem inseridos.


5. Facilidade no pagamento

Como esse método de compra garante mais tempo de pagamento, é mais fácil obter algumas vantagens na negociação.


Você pode tentar negociar o valor dos documentos, entradas e até obter um desconto no valor fechado.


A dica negociar com agentes de compras, sejam eles imobiliários, empresas de construção ou sites especializados em vendas de imóveis.


Fique atento aos desafios

A compra de propriedades ainda no papel, requer um planejamento detalhado em várias etapas.


Portanto, o primeiro desafio será fazer um estudo minucioso das condições de mercado, comparando a precificação das propriedades disponíveis, os benefícios que elas proporcionam e as condições de pagamento durante e após a construção.


É necessário entender completamente todos os detalhes do financiamento.


Abandonar este estudo e, consequentemente, o planejamento, são os dois erros mais graves que um comprador pode executar.


Eles podem causar sérios problemas futuros, pois erros subsequentes podem ser derivados por eles.


Esteja atento as parcelas que são acima do orçamento.


Se não houver plano, é provável que o comprador acabe optando por propriedades que excedam sua acessibilidade.


Isso pode resultar em atrasos nos pagamentos parcelados, o que resultará na cobrança de multas e juros, ou, na pior das hipóteses, na incapacidade total de pagamento. 


Fique atento a negociação

A tabela com os preços dos imóveis divulgada pela construtora mostra o preço pago muitas vezes a vista, não o preço total, que leva em consideração os ajustes durante o pagamento da construção e dos juros.


Portanto, é necessário entender completamente as condições de pagamento para conhecer o valor final do imóvel e como ajustá-lo ao entregar a chave.


Ao conversar com um banco, você descobrirá que a taxa de juros inicialmente fornecida por eles diminuirá com base no seu relacionamento com a entidade.


As taxas de juros cobradas pelos bancos são inferiores às cobradas por não clientes.


Quanto melhor o relacionamento entre o cliente e o banco, mais favoráveis são as condições para as negociações das taxas de juros.


Jamais se esqueça de suas despesas extras.

Vale destacar este tópico, porque, na análise, você também precisa considerar que, ao mudar para um novo imóvel, ocorrerá custos adicionais em termos de documentação, transporte, etc.


Você deve se preparar para eles.


Colete o máximo de informações possível, compare todas as variáveis, procure saber soluções com corretores e funcionários bancários em caso de dúvidas, e só realize transações quando tiver certeza de que deseja comprar o imóvel ideal e que cumpra seus termos e condições de compra.


A possibilidade de comprar propriedades direto do papel, fornece ao comprador uma vantagem real.


Entretanto, é necessário prestar atenção extra para evitar que essas vantagens e facilidades se tornem problemáticas no futuro.